Seguir na Trilha da Ilusão ou no Caminho de Deus?

20/08/2020

A vida humana é uma grande jornada. Neste percurso, alguns estão confusos e indecisos; outros correm em qualquer direção e abraçam tudo pela frente. Corajosos, audaciosos, medrosos e cautelosos, todos estão gastando os seus dias em alguma coisa; caminhando ou correndo, todos seguem para algum lugar.

Bilhões de seres humanos, grandes e pequenos, famosos e anônimos, homens e mulheres procuram a felicidade, algo que ninguém sabe ao certo o que é, mas que gera expectativas e impulsiona o indivíduo a seguir nessa busca sem fim.

Todos buscam alguma coisa que possa dar sentido à própria existência neste mundo tenebroso. Essa busca existencial implica em termos uma vida mais rica de sentido, senso adequado de finalidade e direção pessoal. O homem tem necessidade de significado existencial, de propósitos reais e valores mais elevados, que são as questões fundamentais da vida. Quando essas questões não são atendidas, ficamos abatidos e passamos a ter problemas emocionais e sociais.

Conquista após conquista e nada parece preencher ou satisfazer plenamente o âmago oco dentro do homem. Há uma carência latente no mais íntimo de nossa natureza, que clama pelo sentido da vida, no silêncio imperceptível de nosso inconsciente. Às vezes essa necessidade é guardada nos recônditos mais profundos de nossa alma até o momento de ser despertada por um projeto de vida, um prazeroso sonho que gera significado e movimenta a vida.

Tudo que fazemos debaixo do Sol tem um propósito maior: sentir-se realizado e feliz. Ao fazermos uma opção profissional ou ao desejarmos maior aperfeiçoamento educacional, a finalidade é "sentir-se realizado e feliz". Do casamento à expansão patrimonial a busca de felicidade está presente. Qualquer que seja a causa que abracemos, essa busca continua sem tréguas.

O que você busca? Qual tem sido a direção da sua corrida? Nessa busca nem sempre estamos cônscios de que seguimos o curso certo da vida ou se trilhamos na direção contrária à nossa felicidade.

Cada um de nós precisa estar seguro de que segue  na direção certa e que os seus esforços serão recompensados, caso contrário, sua vida será marcada por uma corrida inútil.

Evidentemente que a queda espiritual resultou em perdas profundas e complexas para aquele que um dia foi a imagem e semelhança de Deus, o homem; daí sua busca existencial contínua (quase sempre inconsciente) de felicidade ou de sentido para a vida. Todos buscam o conserto interior, uma reengenharia da alma danificada pelo pecado.

​A nossa insatisfação  é refletida nos diversos segmentos da vida: social, profissional e familiar. Na verdade essa insatisfação é muito mais do que um simples desprazer ou frustração; ela é um sério alerta de que nossa realidade continua fora do caminho de Deus, seguindo na direção errada.

No íntimo do ser humano existe uma lacuna anímica que não pode ser preenchida por qualquer coisa. O nosso coração sabe que não é a diversidade de propostas que o mundo oferece, nem o silencioso mecanismo de evitar pensar sobre o assunto, que consegue neutralizar o vazio e tirar a angústia de nossa alma. O homem interior, intuitivamente, sonha com algo que possa lhe agraciar com o sentido da vida e plena realização pessoal.

Quando o vazio interior grita a ausência de "felicidade", temos a impressão de que existe algo lá fora, em algum lugar, capaz de nos preencher como um rio extravasado. Diante disso há explosões de emoções impulsionando-nos a sair em busca de nosso tesouro. Para a maioria, surgem novos projetos, novos sonhos e conquistas; outros se afogam nos prazeres carnais. A realidade é que todos os esforços não conseguem suprir o vazio da alma. Rapidamente tudo volta a ser como era antes... Tédio, rotina, insatisfação...

​O que fazer?

Seguir na trilha da ilusão do mundo ou no Caminho de Deus?

A Bíblia Sagrada proclama que todos os projetos humanos de busca de sentido e de felicidade, terminam em decepção e fracasso. Encontramos em Eclesiastes 2:1-11 a descrição de varas opções de corrida. O autor de Eclesiastes fala da decisão de correr atrás da sabedoria humana, de riquezas e dos prazeres diversos que o mundo oferece, mas chega a conclusão de que essa é uma corrida inútil, que não satisfaz plenamente o homem, pois está limitada ao perecível, que a traça e a ferrugem corroem e que passa com o tempo. No final dessa busca só há cansaço e a sensação de ter corrido atrás do vento.

Deus é amor. O ETERNO em Sua infinita misericórdia não deixou o homem abandonado, depressivo e sem direção. O Criador nos entregou o Manual da Vida, o livro santo que nos ensina sobre o mais fascinante projeto de vida. Deus tem um projeto de vida para o homem. Ele tem um plano elaborado antes dos tempos eternos, para cada um de nós. (2 Tm 1:9).

Este é o momento de avaliar a sua busca existencial. Deus tem um extraordinário projeto para a sua vida.

Em Filipenses 3:14, o apóstolo Paulo fala de sua corrida na direção de Cristo. Nessa corrida há perdas e abandonos de valores enganosos, temporais e passageiros, para que avancemos, com leveza, em direção ao que satisfaz plenamente e é eterno.

Jesus Cristo disse: Eu sou o Caminho, a verdade e a vida... Jo 14:6. Há muitas trilhas, mas um só Caminho para a verdadeira forma de vida.

Deixe de seguir na trilha da ilusão do mundo. Venha para o Caminho da vida. Conheça o mais extraordinário projeto de vida: seguir a Cristo. Ao seguir o que é eterno a sua recompensa não será o vento, mas a certeza de ter o tipo de vida que Deus tem. Ela é chamada de vida eterna e significa "a vida completa e absoluta, que pertence a Deus, real e vigorosa por toda a eternidade" e que Ele (Deus) graciosamente nos oferece. (2 Coríntios. 4:5b).

Pense nisso!